Critica | The Batman (2022)

Resenha critica do filme The Batman (2022). Sinopse: Da Warner Bros. Pictures chega THE BATMAN com o realizador Matt Reeves no comando e protagonizado por Robert Pattinson no duplo papel de detetive de Gotham City e do seu alter ego, o bilionário solitário Bruce Wayne.

Critica The Batman

critica the batman

Assim como ‘Coringa‘, o filme ‘The Batman‘ foge da formula pronta de filmes de super heróis, que são carregados de cores, ação e muita piada, definitivamente esse não é um filme de herói comum, tão pouco um filme que a maioria espera ver no cinema. Um drama policial, carregado de suspense que traz o Batman detetive do começo ao fim, que tanto os fãs do personagem esperavam ver nas adaptações ao cinema, é um filme que os fãs não vão colocar defeito.

critica the batman

Logo de cara é quase que inevitável não realizar uma comparação direta com o filme ‘Se7en – Os Sete Crimes Capitais‘ e ‘Zodíaco‘, daria até pra citar ‘O Silêncio dos Inocentes‘, que são claras inspirações para esse filme e que também possui a mesma pegada. A narrativa é muito densa, inicia com uma narração do protagonista, onde somos embarcados numa história escura, que contrasta bem com a cidade de Ghotam, uma cidade que se perdeu no tempo em meio ao caos. Batman se coloca como uma figura onipresente, onde literalmente é representado pelas sombras, que ecoam por todos os cantos.

critica the batman

O filme tem duras criticas ao personagem de Bruce Wayne e sua família, destacando a intenção de um bilionário fantasiado resolver ser um vigilante noturno em vez de doar seu dinheiro para fins de caridade, o paralelo entre Bruce e Batman são frequentes, Robert Pattisson esta excelente no papel e consegue colocar uma diferença mesmo que mínima entra as duas figuras, o homem e o morcego. Ao lado de Zoë Kravitz, formam uma dupla com uma química sem igual, a triz nasceu para ser a Mulher Gato.

critica the batman

O grande destaque do filme esta no vilão Charada (Paul Dano), que entrega uma atuação macabra, principalmente pela voz, o ator também evidencia as duas personalidades do personagem, quando esta de uniforme e sem ele, existe uma mudança brusca no comportamento dele, mas sua insanidade é permanente. Os outros vilões, como Pinguim (Colin Farrell) não servem muito a trama, mesmo com ótimas atuações.

critica the batman

Muitos vilões são destacados para no fim o único inimigo real de Batman ser ele mesmo, sua consciência, seus traumas, sua necessidade de existência, que outrora identificado como “a vingança” se reconhece agora como “a esperança”.

Nota