Frozen 2: Não é memorável quanto o primeiro mas é uma ótima sequencia – Critica do Filme

Frozen 2 – Critica do Filme

Critica: Depois do fenômeno cultural causado pelo primeiro filme lançado em 2013, “Frozen 2” tem uma enorme responsabilidade de manter o legado de seu antecessor. O primeiro longa conquistou o mundo com uma trilha sonora que perpetuou e é lembrado até hoje com a música “Let it Go“; Com uma história aparentemente comum, o filme fugia dos padrões apresentados anteriormente nos filmes de princesa da Disney, a história contando o amor de duas irmãs e o poder que esse amor tem, é o que fez de Frozen, o fenômeno que é. Sendo a 15ª Maior Bilheteria Mundial, o filme também é a maior bilheteria da história para uma animação.

Frozen 2

Alguém Especial (Filme Original Netflix, 2019) – Critica

Alex Strangelove (Filme Netflix, 2018) – Critica

Critica | As Panteras (Charlie’s Angels, 2019)

Frozen 2

Frozen 2 começa com um apelo dramático, retornando a momentos anteriores que nunca foram apresentados no primeiro filme, com novas informações sobre os personagens e apresentando uma nova aventura, uma melodia melancólica, seguida de um som angelical de uma voz triste é ecoada praticamente durante o filme inteiro, mostrando a Elsa, o caminho em que deve seguir.

Frozen 2

No primeiro filme, Elsa precisava se libertar e ser quem ela é de verdade, já aqui, ela tem que descobrir quem de fato ela é e buscar pertencimento. O filme trabalha com alegorias claras sobre identidade de gênero e orientação sexual, claro que alegoricamente falando, em muitas camadas o longa deixa discussões abertas ao expectador.

Frozen 2

As músicas que eram o ponto alto do primeiro filme, não funcionam nesse, existe apenas uma canção que realmente funciona, “Se Encontrar“, e ela é bastante utilizada. O som melancólico dessa música é reutilizado diversas vezes em outras canções, poderia soar cansativo mas não fica, é até boa a forma como utilizam a única música realmente boa do filme, aproveitam ela o máximo que podem.

Frozen 2

O humor é sem dúvida a melhor coisa do filme, ele funciona bem melhor do que no primeiro, e boa parte disso se deve ao personagem Olaf, ele protagoniza uma das melhores cenas do filme. Os personagens estão notavelmente mais evoluídos, a interação entre eles é mais natural e as músicas embalam a química que cada um deles tem.

Frozen 2

Frozen 2 não é tão memorável quanto o primeiro mas consegue ser uma ótima sequencia, o que faltou de fato, foram músicas tão boas quanto no primeiro filme. Algumas questões pendentes do primeiro, também são resolvidas, e personagens pouco utilizados são mais relevantes e até fundamentais para o andamento da trama atual.

Frozen 2

Frozen 2