Critica | El Camino: A Breaking Bad Movie (2019)

Critica: El Camino é um gostinho a mais do que poderia ter sido o final de Breaking Bad. O filme é uma continuação direta dos acontecimentos do ultimo episódio, onde acompanhamos Jesse Pinkman tentando se restabelecer e libertar-se do passado. Sem sombra de dúvidas o filme funciona apenas para quem já conhece a série, mesmo voltando em acontecimentos passados, a narrativa é muito direta e trabalha com elementos que são familiares ao fã da série, como personagens e cenários.

Critica | El Camino: A Breaking Bad Movie (2019)

Critica | El Camino

Após fugir do cativeiro, onde foi mantido quando sequestrado, dramaticamente, Jesse Pinkman (Aaron Paul) inicia uma jornada em busca da própria liberdade, mas antes precisa se reconciliar com o passado para, só então, ter seu futuro garantido.

Critica | Projeto Gemini (Gemini Man) – 2019

Critica | Campo do Medo (In the Tall Grass) – 2019

Critica | Coringa (Sem Spoilers) – 2019

A ideia de continuar essa história e contar o que aconteceu com Jesse Pinkman é até boa, mas focar apenas nesse personagem e não dar muito espaço para o que a serie representava soa meio desgastante, claro que todo o trabalho envolvendo a fotografia e cores continua em El Camino, assim como tinha na série, mas a questão é que a todo momento a impressão é de que a necessidade desse filme existir é zero. É uma sensação de ressaca constante, banhada de flashbacks e retcons.

Critica | El Camino

A construção de algumas cenas e o roteiro chega a soar como uma forma de encher linguiça, como a cena em que Jesse duvida que tal personagem chamou ou não a policia para ele, todo o tempo gasto nessa cena e diálogos são bem amadores e totalmente previsíveis, não é nem de longe o mesmo nível de matéria em que a série costumava trabalhar.

Critica | El Camino

Walter White (Bryan Cranston) and Jesse Pinkman (Aaron Paul) – Breaking Bad _ Season 5B _ Gallery – Photo Credit: Frank Ockenfels 3/AMC

Não é a toa que Breaking Bad tem o Walter White como protagonista e Jesse Pinkman como secundário dele, pois sozinho o personagem não consegue segurar uma trama, ainda mais quando não tem uma boa história para ser contada, que avance o universo para frente. El Camino é uma tentativa nostálgica de realizar uma continuação que é bem sucedida mas não necessária, as vezes não saber de algumas coisas é o que deixa tudo grandioso.

Reply