Critica | Deus Não Está Morto (2014)

Resenha Critica do filme Deus Não Está Morto (2014). Direção: Harold Cronk Sinopse: Um estudante religioso entra em conflito com um professor ateu que só aprova os alunos que professarem que Deus morreu.

Critica | Deus Não Está Morto (2014)

Os Piores Filmes de 2020, Confira

Critica | Alice in Borderland (Serie Netflix, 2020)

Critica | Lupin (Série Netflix, 2021)

Deus Não Está Morto

Esse consegue ser além de um filme bastante presunçoso, também fantasioso. Até onde uma pessoa vai para defender a suas crenças e o melhor, impor ela como verdade absoluta a qualquer um que seja.

Deus Não Está Morto

O filme trata a religião cristã como mágia, e que basta você acreditar que deus existe e todos os seus problemas vão desaparecer. Isso pode soar até lindo mas o mundo real não é assim, e isso não tem a ver com acreditar ou não em deus e sim com mentir para conquistar.

Deus Não Está Morto

A questão é simples, não tem problema você acreditar ou deixar de acreditar em qualquer religião que seja, mas esse filme tenta impor essa religião como a única aceitavel, chegando até a colocar uma personagem muçulmana, e fazendo com que ela se identifique mais com o cristianismo.

Deus Não Está Morto

O roteiro desse filme é tão manipulado e absurdo, que eles tiveram a capacidade de colocar um professor de filosofia ateu, formado a anos e bastante estudado sobre teogracia, para se converter em menos de 2h de duração do longa, é absurdamente patetico e ofensivo.

Deus Não Está Morto

Sem falar da ideia de que, alguns personagens que negaram a deus ou tiveram cancer como uma forma de punição ou simplismente suas vidam começaram a ir de mal a pior. E o simples fato de dizer que confia em deus, já mudaria tudo como mágica, chega a soar como uma esquete do Porta dos Fundos de tão caricato e armado. É um filme feito exclusivamente para agradar e um público expecifico, o que não é um problema se isso funcionar para eles.

Deus Não Está Morto

Reply