Critica | Estou pensando em acabar com tudo (2020)

Resenha critica do filme Estou pensando em acabar com tudo, original Netflix de 2020. Comentários sobre a história do filme, principais acontecimentos sem spoilers. Sinopse: Uma jovem vai com o namorado conhecer os pais dele em uma fazenda remota e embarca em uma viagem para dentro de seu próprio psiquismo.

Critica | Estou pensando em acabar com tudo (2020)

Filmes LGBT: Lista de melhores filmes com a temática

Assistir Globo ao vivo online grátis

Os Melhores filmes de todos os tempos

Estou pensando em acabar com tudo é um filme de suspense psicológico baseado no livro de mesmo nome lançado em 2017. O longa é carregado com uma atmosfera que lembra bastante filmes como “Mãe” de 2017 de “Midsommar” de 2019. São pouco mais de 2h de filme que pode soar cansativo por causa da forma como a narrativa é conduzida e isso pode acabar distraindo algumas pessoas que não são acostumadas com filmes mais lentos.

Estou pensando em acabar com tudo

Os diálogos bem pontuais e provocativos, são o ponto alto do filme. Muitas discussões abordando relacionamentos, convívio com os pais, envelhecimento, sexualidade e a importância da arte vão aparecendo durante a trama de forma bem gradual e aos poucos muita coisa vai se encaixando e outras vão perdendo o sentido, de fato não um filme fácil de tão estranho.

Estou pensando em acabar com tudo

Acredito que em um determinado momento, consegui ver um paralelo com a transexualidade e o não binarismo, pois chega uma hora que o filme vai além de uma simples história sobre um relacionamento amoroso que esta no fim. Muitos padrões são destacados e no emaranhado de dúvidas, algumas coisas se tornam claras e isso o filme deixa a entender diversas vezes de que toda a história não passa de uma alegoria para o interior turbulento de uma pessoa em descoberta.

Reply