Critica | Um Príncipe em Nova York 2 (2021)

Resenha Critica do filme Um Príncipe em Nova York 2 (2021) Disponível no Amazon Prime Video. Sinopse: No luxuoso país da realeza de Zamunda, o recém-coroado Rei Akeem (Eddie Murphy) descobre que tem um filho que ele não conhece e que pode ser herdeiro do trono.

Critica | Um Príncipe em Nova York 2 (2021)

Um Príncipe em Nova York 2

O ponto mais inteligente desse filme é quando ele reconhece que é uma continuação desnecessária, embora siga com uma história pouco interessante, que não consegue ter o mesmo apelo que o primeiro filme. Mesmo com o potencial de garantir o público nostálgico, “Um príncipe em Nova York 2” tem medo de buscar essa nostalgia, que só acontece pontualmente, alguns personagens já conhecidos devem agradar os fãs por causa da lembrança mas não chega a empolgar tanto.

Um Príncipe em Nova York 2

O nome do filme poderia ser “Um Príncipe em Zamunda”, já que toda a história se passa predominantemente la, e existem apenas 2 cenas curtas em Nova York, que só existe para apresentar os novos personagens e colocar um pouco de fanservice na história.

Um Príncipe em Nova York 2

O roteiro entende que o primeiro filme possui alguns problemas por ser datado e aqui tenta trata-los com leveza, o que uma hora da certo e outras não.

O primeiro filme funciona pelo choque cultural do protagonista em um mundo novo para ele, e trabalha com uma narrativa simples desse personagem se adaptando e descobrindo outra cultura. No segundo filme, o papel é investido, dessa vez quem mora em Nova York vai para Zamunda e tem que se adaptar a cultura de la, e isso acaba não funcionando como deveria. Nem mesmo com a ajuda dos números musicais, o filme consegue entregar algo que empolgue de verdade. Mas vale para quem estava com saudades desses personagens.

Um Príncipe em Nova York 2

Reply