Critica | Terrifier 2 (Aterrorizante 2, 2022)

Resenha critica do filme Terrifier 2 ou Aterrorizante 2 (2022). Sinopse: Depois de ser ressuscitado por uma entidade maligna, o palhaço Art está de volta ao condado de Miles. Agora, ele tenta caçar uma adolescente e seu irmão mais novo durante o Halloween. Direção: Damien Leone. Data de lançamento no Brasil: 29 de dezembro de 2022.

Critica do filme Terrifier 2

Terrifier 2

6 anos depois do primeiro filme, ‘Terrifier 2‘, estreia em uma época onde a internet está mais forte e com isso a divulgação de uma produção independente como essa se torna mais abrangente. Para quem já assistiu o primeiro, a abordagem não mudou muito em comparação, os efeitos práticos estão melhores e o enredo mais rebuscado, além do investimento em mais locações e atores muito carismáticos, uma sequência que valeu a pena esperar.

Terrifier 2

Filmes slasher (com assinados em série) são comuns terem como principal destaque o seu assassino em questão, como é o caso de Jason, Freddy, Michael Myers e todos eles já se tornaram um ícone do cinema de horror e acredito que ‘ART (O Palhaço)’ já conseguiu se consagrar nesse sentido, principalmente para os fãs do gênero. Mesmo sendo produção independente e com poucos recursos é inegável não reconhecer o feito.

Terrifier 2

O primeiro filme encerra mostrando que existe o sobrenatural por trás do palhaço assassino, dando um excelente gancho para uma possível sequência.

Terrifier 2‘ começa exatamente onde o primeiro terminou, explicando algumas pontas soltas e apresentando melhor todo esse universo por trás da criatura bizarramente carismática.

Terrifier 2

Neste filme o sobrenatural está mais presente assim como os problemas psicológicos de ART (O Palhaço), entendemos como funciona sua cabeça e que essa condição pode afetar qualquer pessoa ao redor. Os personagens fantasiosos, como a menina palhaço, foram uma excelente escolha na adição do roteiro.

Terrifier ainda mais brutal

Terrifier 2

As mortes por sua vez são ainda mais brutais e o foco no rosto das vítimas pode ser referente a algo interno do personagem ART que vai além dos problemas psicológicos que ele possui.

O roteiro talvez se dê mal em não conseguir deixar claro as intenções de ART, fora matar é claro, mas no sentido de direcionar melhor para quais caminhos ele vai seguir sem parecer um tanto conveniente as escolhas que ele toma.

Terrifier 2

Terrifier 2‘ é longo mas consegue distribuir bem a dinâmica dos personagens e expande as possibilidades que essa franquia tem para várias continuações. Se uma produção independente consegue resultados tão bons assim, fico pensando o que eles poderiam fazer com um grande investimento.

Terrifier 2

Terrifier 2

Terrifier 2

Terrifier 2



Reply