Wish: O Poder dos Desejos (2023): Leia a critica do filme

Resenha critica Wish: O Poder dos Desejos (2023). Sinopse: No reino mágico de Rosas, Asha faz um desejo tão poderoso que é atendido por uma força cósmica: uma pequena esfera de energia ilimitada chamada Star. Juntas, Asha e Star enfrentam um inimigo formidável: o governante de Rosas, Rei Magnifico.

Critica do filme Wish: O Poder dos Desejos (2023)

Celebrando o centenário da Disney, foi lançado nos cinemas o filme ‘Wish: O Poder dos Desejos‘, a mais recente animação do estúdio que busca referenciar diversas produções com citações e alusões diretas que os fãs reconhecerão facilmente. Contudo, surge a dúvida se é possível construir um filme inteiramente baseado em referências, sem oferecer algo mais substancial.

O filme se apresenta como uma animação musical, porém, infelizmente, as músicas deixam a desejar. As canções carecem de inspiração e raramente se integram organicamente à narrativa. Os personagens, incluindo a protagonista e seu mascote, carecem de carisma, o que é uma preocupação evidente.

O roteiro não apenas é simples, mas também demonstra uma notável falta de esforço. A falta de envolvimento com a trama e a ausência de interesse na história são evidentes. Talvez para um público menos exigente, ‘Wish‘ possa fazer algum sentido, no entanto, para quem busca uma trama envolvente e cativante, esse não é o caso.

Dado o simbolismo significativo do filme como parte das celebrações do centenário da Disney, as expectativas eram elevadas, esperando algo excepcional. Infelizmente, o filme não conseguiu atender a essas expectativas, deixando de oferecer um entretenimento leve e funcional.

Wish: O Poder dos Desejos‘ é o filme que celebra os 100 anos da Disney, mas que entrega uma experiência fraca e esquecível, sustentada apenas por referências vazias.




Reply

Deixe uma resposta