Critica | Morbius (2022)

Resenha critica do filme Morbius (2022). Direção: Daniel Espinosa. Elenco: Jared Leto, Matt Smith, Adria Arjona, Jared Harris, Tyrese Gibson, Al Magrigal e Michael Keaton. Sinopse: Um dos personagens mais interessantes e conflituosos da Marvel chega à tela grande com o vencedor do Oscar Jared Leto se transformando no enigmático anti-herói Michael Morbius. Gravemente adoecido com um raro distúrbio sanguíneo e determinado a salvar outros que sofrem do mesmo destino, o Dr. Morbius arrisca tudo numa aposta desesperada. E embora a princípio tudo pareça um sucesso absoluto, surge uma escuridão que se desencadeia dentro dele. O bem superará o mal – ou Morbius sucumbirá aos seus novos e misteriosos desejos?

Critica Morbius

critica Morbius

Quem disse que veríamos “vampiros” primeiro na Marvel Studios com o filme do Blade? A Sony Pictures se adiantou e lançou ‘Morbius‘, que é um dos vilões do Homem-Aranha e assim como ‘Venom’ tem sua jornada construída para ser direcionado não como um vilão e sim como um anti-herói.

critica Morbius

O filme carrega uma atmosfera sombria constantemente e mesmo com tentativas de introduzir alivio cômico, que acontece pontualmente, acaba não funcionando tanto pela carga dramática e obscura do personagem. Jared Leto se entregou ao personagem e acabou dando uma interpretação que ficou até mais seria do que deveria. Diferente do ator Matt Smith, que consegue trazer uma certa ironia no modo de agir e seu personagem acaba funcionando melhor na proposta do filme, mesmo não sendo o protagonista. O elenco sem dúvida é o ponto alto.

critica Morbius

Os efeitos visuais tem seus altos e baixos, quando o filme quer mostrar o modo como o Morbius sente as vibrações do som, efeitos visuais coloridos são criados e as vibrações são facilmente entendidas, o que acaba sendo uma ótima composição visual. A trilha sonora até que começa bem, mas depois não tem tanta importância, quase passa despercebida.

critica Morbius

Morbius‘ é um filme problemático antes mesmo de existir, mas o principal problema dele é que mesmo depois de realizado, acabou sendo uma produção morna, que não passa qualquer emoção ao expectador, não chega a dar raiva, não da alegria, não chega a incomodar de nenhuma forma, é um filme vazio de tudo, que não agrada e nem incomoda.

Nota