Critica | A Saga Crepúsculo: Eclipse (2010)

Resenha Critica do filme A Saga Crepúsculo: Eclipse (2010). Sinopse: O relacionamento de Edward (Robert Pattinson) e Bella (Kristen Stewart) continua ameaçado. Além das discussões quanto à transformação de Bella em vampira, a oposição de Charlie e os choques com Jacob e outros lobisomens, o casal tem que resistir às perseguições do vampiro Riley e seu grupo.

Critica | A Saga Crepúsculo: Eclipse (2010)

Eclipse

Eclipse é o terceiro filme da saga crépusculo e até agora o mais fraco. Desde o primeiro filme, a franquia vem sendo direcionada a apenas uma coisa: Proteger a Bela. Isso acabou limitando demais muitas possibilidades de expandir esse universo de vampiros e lobisomens, que não são bem trabalhos e só funcionam em beneficio dessa personagem, se a Bela morresse ou virasse vampiro já no primeiro filme, muita tempo seria poupado.

Eclipse

Os filmes dessa saga se vendem muito como um romance adolescente e isso não muda nunca, a narrativa é bem lenta e açucarada, com dialogos que poderiam ser resolvidos de uma forma mais fácil e o roteiro contua apostando no triangulo amoroso que só existe na cabeça do Jacob, que insistentemente implica que Bela gosta dele mesmo ela tendo deixado claro várias vezes que prefere o Edward.

Eclipse

O segundo filme trabalha melhor a ausencia de Edward e o quanto ele sobre com a possibilidade da Bela morrer e nesse parece que não existiu uma consequencia, parece que as coisas continuam, uma rotina com os namorados fugindo dos vampiros famintos pela Bela e nada mais, não existe muita consequencia de um filme para outro.

Mesmo Lua Nova sendo um filme fraco, Eclipse consegue ser ainda mais.

Eclipse

Reply