Critica | A Guerra do Amanhã (The Tomorrow War, 2021)

Resenha Critica do filme A Guerra do Amanhã (The Tomorrow War, 2021). Sinopse: Viajantes do tempo chegam de 2051 trazendo uma mensagem urgente: 30 anos no futuro a humanidade está perdendo uma guerra contra alienígenas mortíferos. A única esperança de sobrevivência é enviar soldados e civis para lutar no futuro.

Critica | A Guerra do Amanhã (The Tomorrow War, 2021)

Critica A Guerra do Amanhã

Esse é um filme de ação que não parece que vai impressionar tanto, por causa dos pôsters bem futuristas que chegam a soar genéricos demais, quanto pelo protagonista que convenhamos só deu certo fazendo o Senhor das Estrelas em Guardiões da Galáxia. Mas “A Guerra do Amanhã” se sai bem tanto na ação, quanto no drama. O filme consegue balancear bem as duas coisas mas claro, focando principalmente em uma ação quase que desenfreada em uma luta de monstros alienígenas contra humanos.

Critica A Guerra do Amanhã

Chris Pratt ao lado de Yvonne Strahovski, conhecida atualmente pela série The Handmaid’s Tale, formam uma dupla que funciona muito, isso por que os dois entregam juntos ótimas cenas de ação, com coreografias bem elaboradas, além de cenas bem dramáticas que até pode acontecer de descer uma lagrima sem querer. Os dois estão em ótima sintonia.

Critica A Guerra do Amanhã

Existem várias questões envolvendo viagem no tempo que poderiam ser discutidas e que acarretariam em muitos furos de roteiro, mas até ai, o filme não esta tão preocupado com isso e o foco é de fato na ação que de fato é muito boa, pela urgência de escapar de monstros velozes e quase indestrutíveis.

Critica A Guerra do Amanhã

A momentos em que o filme brinca com alguns clichês e surpreende por quebrar vários deles, você pensa que já sabe qual vai ser o próximo passo mas o filme acaba te mostrando outra coisa, o que de certa forma é bom. São pouco mais de 2h de muita ação em um contexto onde existe uma critica sobre o aquecimento global e como os humanos são os responsáveis pelo seu próprio fim.