Meu Super Aniversário de 16 anos: Parte 2 | Critica

Resenha Critica do filme Meu Super Aniversário de 16 anos: Parte 2. Sinopse: Skye Rotter quer esquecer o horrível massacre na pista de patinação Roller-Dome, e passa a morar com a mãe e o padrasto, na tentativa de construir uma nova vida. Mas o que ela não sabe é que o assassino está solto.

Meu Super Aniversário de 16 anos: Parte 2 | Critica

critica Meu Super Aniversário de 16 anos Parte 2

Assim como no primeiro filme lançado em 2009, Meu Super Aniversário de 16 anos: Parte 2 mantem sua abordagem teen, que vai desde a trilha sonora, até as atuações. Como um filme feito para TV, da para notar algumas limitações na produção, mas ainda sim as mortes continuam muito sangrentas e violentas.

 

Um grande vicio narrativo comum em produções que abordam uma continuação de filme de terror, é mostrar os personagens que sobreviveram no primeiro filme, tendo alucinações ou imaginando situações por conta do trauma, esse recurso é utilizado aqui muitas vezes, o que acaba sendo desgastante visualmente.

critica Meu Super Aniversário de 16 anos Parte 2

O roteiro não tem muita preocupação em ser coerente tanto narrativamente quanto em respeitar a continuidade dos acontecimentos. De novo, assim como o primeiro filme foi feito para um público bem especifico, esse continua sendo.

critica Meu Super Aniversário de 16 anos Parte 2

critica Meu Super Aniversário de 16 anos Parte 2