Mate ou Morra (2021) | Critica

Resenha Critica do filme Mate ou Morra (Boss Level, 2021). Sinopse: Roy Pulver é um ex-agente das forças especiais que se vê forçado a reviver o dia de sua morte inúmeras vezes. Ele acorda sendo perseguido por assassinos e, de uma forma ou de outra, acaba sempre morrendo no final. Enquanto luta para chegar ao fim do dia com vida, Roy descobre uma mensagem de sua ex-esposa revelando o envolvimento do cientista Ventor nesse ciclo mortal e percebe que a sua família também corre perigo.

Mate ou morra critica

mate ou morra critica

Entre os muitos filmes sobre loops temporais onde o dia se repete, ‘Mate ou Morra‘ é o mais genérico deles. Esse filme tinha tudo para entregar algo novo e mais empolgante, por se tratar de uma ação frenética e que já coloca o personagem em entendimento dos seus dias se repetindo, ou seja, boa parte da trama sobre ele descobrir o que esta acontecendo não é necessária, e esse tempo extra poderia ser usado para explorar novas coisas e ir direto ao ponto, o que não acontece. Ao mesmo tempo que o filme possui uma ação exagerada, ele também tem momentos muito arrastados, o que desmotiva em continuar assistindo, são pouco mais de 1h40 que para que não tem fim.

mate ou morra critica

Por já existir uma grande quantidade de filmes exatamente iguais, como ‘A Morte ta da Parabéns‘, ‘Feitiço do Tempo‘, ‘No Limite do Amanhã‘ e até os recentes ‘Palm Springs‘ e ‘O Mapa das Pequenas Coisas Perfeitas‘, ou seja, praticamente todo ano tem um filme com a mesma pegada, e mesmo que seja algo interessante, uma hora cansa se o filme não souber apresentar algo além disso.

mate ou morra critica

‘Mate ou Morra’ vende um filme onde o mais interessante esta no trailer. Uma sequencia de cenas genéricas e com efeitos visuais bem fracos, mas que deve agradar a um público que espera assistir apenas mais um filme de ação nesse estilo.

Nota

mate ou morra critica