Esqueceram de mim no lar, doce lar (2021) | Critica

Resenha Critica do filme Esqueceram de mim no lar, doce lar (2021). Sinopse: Max Mercer é um menino travesso e cheio de recursos que foi deixado para trás enquanto sua família estava no Japão nas férias. Então, quando um casal tentando recuperar uma relíquia de família de valor inestimável coloca seus olhos na casa da família Mercer, cabe a Max protegê-la dos invasores, e ele fará o que for preciso para mantê-los fora.

Esqueceram de mim no lar, doce lar (2021) | Critica

Esqueceram de mim no lar doce lar Critica

A franquia ‘Esqueceram de Mim‘ possui muitas continuações, e a cada lançamento a formula da criança deixada sozinha em casa e sendo atacada por bandidos foi se desgastando, estranhamente o filme volta em 2021 e com uma nova abordagem que além de descaracterizar a obra original, não consegue ser suficiente sozinho, é um filme fraco e sem graça, até mesmo para o público em que foi direcionado, e a catástrofe desse remake começa já no titulo ‘Esqueceram de mim no lar, doce lar‘.

Esqueceram de mim no lar doce lar Critica

O protagonista Archie Yates, que estreou em Jojo Rabbit, é mal aproveitado nesse filme. O roteiro tenta passar para o público que ele entende menos do que deveria para uma criança da sua idade, o que é estranho. O pouco carisma que o ator tem é sugado por causa da história exageradamente boba.

Esqueceram de mim no lar doce lar Critica

Ellie Kemper é também uma ótima atriz, que ficou conhecida recentemente pela série ‘Unbreakable Kimmy Schmidt‘, sendo perfeita para a comédia mas que não funciona em ‘Esqueceram de mim no lar, doce lar‘. A atriz é constantemente podada, todas as cenas em que ela aparece não aproveitam seu talento para a comédia, é tudo mal encaixado, além das motivações de sua personagem e seu companheiro de cena Rob Delaney, também não serem tão justificáveis, o roteiro tira todo o potencial desses atores.

Esqueceram de mim no lar doce lar Critica

Esqueceram de mim no lar, doce lar‘ é um filme para TV, que usa o nome de uma franquia conhecida para chamar público, já que sozinho ele não possui qualquer intenção de ser, é um dos piores filmes do ano, sendo totalmente esquecível e que suga a felicidade de quem assiste, prova de que só a nostalgia não é o suficiente.

Nota