Critica | Homem Aranha: Longe de Casa (2019)

Critica Homem-Aranha: Longe de Casa

Critica – Homem-Aranha: Longe de Casa é o 23ª filme do Universo Cinematográfico Marvel e o segundo filme solo do herói estrelado por Tom Holland. O primeiro longa lançado em 2017, possuía um tom mais intimista e ao mesmo tempo ousado, por não ir longe de mais em algumas escolhas e preferir recorrer a situações mais simples. Em “Longe de Casa“, a escolha é outra, o longa é repleto de cenas de ação visualmente mais grandiosas que o primeiro filme mas além disso, arrisca em deixar boa parte das cenas em uma trama cansativa de acompanhar.

Critica Homem Aranha Longe de Casa

Peter Parker (Tom Holland) e seus amigos vão fazer uma viagem de férias de verão para a Europa. No entanto, eles dificilmente serão capazes de descansar – Peter terá que concordar em ajudar Nick Fury (Samuel L. Jackson) a descobrir o mistério das criaturas que causam desastres naturais e destruição em todo o continente. Para isso, ele se juntará ao Mysterio (Jake Gyllenhaal)- que pode não ser quem parece.

Critica | Annabelle 3: De Volta Para Casa (2019)

Critica | The Perfection (2019) – Peca na auto explicação

Critica | Democracia em Vertigem (2019)

Critica Homem Aranha Longe de Casa

O problema de assistir a qualquer filme do Homem-Aranha pela Sony, é que os filmes desse personagem geralmente não vai ter qualquer influencia significativa para o universo da Marvel Studios como um todo. Assim como no primeiro filme, não é apresentado nada de novo em questão de universo, todo o filme é baseado em consequências dos anteriores e não apresenta qualquer elemento que possa ser aproveitado nos demais filmes, a sessão de assistir os filmes do Homem-Aranha é de estar vendo um spin-off que não vai ter influencia num todo.

Critica Homem Aranha Longe de Casa

Os filmes da Marvel Studios são comuns e aplicar o famigerado “alivio cômico” aqui isso soa mais como “desespero cômico”, a maioria das piadas são fora de time e boa parte delas já foi apresentadas nos trailers. Os únicos momentos que formaram um humor natural que não soou como programado, foi envolvendo o personagem de Ned (O melhor amigo de Parker).

Critica Homem Aranha Longe de Casa

O problema maior é o filme apresentar o Jake Gyllenhaal como herói e achar que ele realmente não vai ser vilão, é só olhar para a cara dele que já esta escrito, durante todo momento o longa quer fazer com que o espectador entenda que o Mysterio é o mocinho mas não tem como engolir isso em absolutamente nenhum momento. Gyllenhaal esta excelente, o filme só vale a pena mesmo por conta dele, todas as cenas onde ele protagoniza são as únicas cenas boas do filme.

Critica Homem Aranha Longe de Casa

A sensação de assistir esse filme foi a mesma de um fim de festa. Como se a festa já tivesse acabado a muito tempo mas ainda tem uma pessoa ali sozinha bêbada dançando com uma música ruim de fundo, tentando fazer a festa render mais um pouco. O filme é muito longo e a impressão é que nunca vai acabar. Existem duas cenas pós créditos, na verdade uma durante e outra realmente depois.

Nota: 6.5/10