Critica | Boy Erased: Uma Verdade Anulada (2019)

Resenha critica do filme Boy Erased: Uma Verdade Anulada (2019). Sinopse: O jovem Jared, de apenas 19 anos, mora em uma pequena cidade conservadora do Arkansas. Ele é gay e filho de um pastor da Igreja Batista. Em um certo momento de sua vida, Jared é confrontado pela família e precisa escolher entre arriscar perdê-la ou entrar em um programa de terapia que busca tentar “curar” sua homossexualidade.

Critica Boy Erased

critica boy erased

Embora seja baseado em acontecimentos reais, ‘Boy Erased: Uma Verdade Anulada‘ não é um filme que consegue impactar de verdade. Claro que a temática principal já é um absurdo por si só e já deveria ser o suficiente para gerar alguma revolta mas o roteiro praticamente ameniza muitas situações que são propostas.

critica boy erased

Sem razão aparente, o filme tem quase 2h de duração, o que é mais do que suficiente, gerando apenas cenas repetitivas, diálogos sem muito aproveitamento e desgaste da temática, além de atuações quase desinteressadas. O roteiro não deixa claro se o protagonista é obrigado ou não a passar por tais procedimentos, já que chegando no final do filme, as coisas simplesmente mudam da agua pro vinho e sem muita explicação.

critica boy erased

Uma coisa interessante são as participações de pessoas LGBTS reais no filme, como Xavier Dolan e Troye Sivan.

O filme tem a participação de Nicole Kidman, que vive uma personagem quase que invisível e claro, essa personagem tem que ser assim mas ainda sim a triz quase não aparece e quando aparece as suas cenas são apagadas, ela esta praticamente sem vontade de estar ali, seria uma entrega digna de sua personagem? Talvez, mas é estranho demais ver Kidman tão esquecida assim.

critica boy erased

Ainda sim, ‘Boy Erased: Uma Verdade Anulada‘ pode servir como um filme didático ao assunto para um público menos exigente.