Critica | Borat: O Segundo Melhor Repórter Do Glorioso País Cazaquistão Viaja À América (2007)

Resenha Critica do filme Borat O Segundo Melhor Repórter Do Glorioso País Cazaquistão Viaja À América (2007). Estrelado por Sasha Baron Cohen. Sinopse: Borat Sagdiyev (Sacha Baron Cohen) é um jornalista do Cazaquistão que resolve deixar o seu país e viajar para os Estados Unidos, com a intenção de fazer um filme documentário. Durante sua viagem pelo país, ele conhece pessoas reais que, ao reagir ao seu comportamento primitivo, expõem o preconceito e a hipocrisia existentes na cultura americana nos dias de hoje.

Critica | Borat: O Segundo Melhor Repórter Do Glorioso País Cazaquistão Viaja À América (2007)

Crush a Altura

Os Melhores filmes de todos os tempos

Ordem cronologica Marvel

borat

Neste falso documentário, Borat é um filme que realiza uma critica ao Estados Unidos em uma sátira alimentada por eles mesmos. O repórter viajante esta em uma missão que acaba se estendendo a diversas situações hilárias provocadas pelo choque cultural e ignorância do personagem.

borat

O humor acido utilizado no longa pode não ser um dos mais agradáveis pelo público geral e talvez muitos tenham uma interpretação ruim desse tipo de humor. Mas o fato do protagonista ser um ator judeu e viver um personagem que é antissemita (discriminação contra judeus), faz com que a critica seja valida, assim como acontece em As Branquelas por exemplo.

borat

Ao longo da jornada de Borat, chegamos a conclusão de como o estadunidense vive em uma bolha só dele, e cada comentário realizado por pessoas reais na filmagem é no mínimo preocupante, mas não surpreendente.

Borat é um filme que literalmente vale pela jornada e escancara muito do pensamento estadunidense em relação a outros povos. Uma comédia acida, que cumpre o papel de explanar e ainda diverte. Pode até não agradar tanto pessoas mais sensíveis a determinadas palavras e situações, mas com certeza perturba, em vários sentidos.

borat

borat

borat

Reply