Game of Thrones 8 Temporada Episódio 3 – A maior batalha? | Critica

Game of Thrones 8 Temporada

Game of Thrones 8 Temporada – Depois de dois episódios de “preparação de despedida” chegamos ao terceiro e tão esperado episódio onde teoricamente aconteceria a maior batalha que a série ja teve e não foi o que aconteceu.  Aqui no Audiencia da TV você encontra outros textos sobre criticas, analises e resenhas de filmes e series, lançamentos, clássicos e original netflix.

Episódio 3 – The Long Night

game of thrones 8

O maior problema do episódio foi sem dúvida a escuridão que era demais, claro que podem falar que foi um conceito para poder causar angustia e mostrar como é a “longa noite” mas até ai teria pelo menos que situar a pessoa que ta assistindo a série do que esta acontecendo, por que teve momentos em que não dava para distinguir quem era morto e quem era vivo.

SPOILERS

game of thrones 8

Os personagens que morreram nesse episódio foram basicamente os secundários e mais uma vez a série mostra que não esta disposta a matar personagem relevante, a unica morte que realmente teve impacto foi a de Lyanna, que chegou agora e já mostrou a que veio.

game of thrones 8

Daenarys e John Snow passaram o episódio inteiro passeando de dragão seguindo o rei da noite a troco de nada, e talvez ela tenha perdido um dos dragões, e eu digo talvez por que realmente não deu pra ver nada em tela do começo ao fim do episódio.

critica

Sansa e Tyrion tiveram momentos muito bons no episódio, a tensão de saber que vão morrer e mesmo assim um tentando manter a calma do outro foi lindo de ver, os dois mostraram o quanto eles tem química juntos, e nem falo em relação a romance e sim de humanidade mesmo.

game of thrones 8

O rei da noite ignorar John Snow evitando o confronto foi o co cumulo do protegido, desde a quinta temporada John esta sendo salvo pelo roteiro sem motivo aparente e sendo um dos personagens mais irrelevantes de toda a série.

critica

A morte do rei da noite de uma maneira tão simples foi inacreditavelmente ruim, já que a imagem desse vilão é construída desde a primeira temporada e em apenas minutos do final de um episódio ele morre. O melhor é achar que com apenas treinamento a Arya realmente fosse capaz de mata-lo, sendo que o Rei da Noite esta vagando atrás da muralha a anos e com certeza ele é uma pessoa mais experiente e treinada do que ela, o confronto dos dois poderia ter sido épico de acompanhar, mas foi tudo resolvido as pressas e fácil demais.

Nota: 8/10