Critica do filme Drácula: A Última Viagem do Deméter (2023)

Resenha critica do filme “Drácula: A Última Viagem do Deméter (2023)“. Sinopse: Embarque no terror de ‘Drácula – A Última Viagem do Deméter‘. Inspirado na lenda de Drácula, este conto arrepiante segue o navio Deméter, atormentado por forças malignas em uma jornada sombria. Enfrente o desconhecido enquanto a tripulação luta para sobreviver às noites aterrorizantes. Uma adaptação sinistra de um capítulo marcante do clássico de Bram Stoker.

Critica do filme Drácula: A Última Viagem do Deméter

Drácula: A Última Viagem do Deméter (2023)” é a mais nova tentativa de revitalizar o personagem Drácula. No entanto, o filme parece lutar para encontrar sua identidade, resultando em uma experiência genérica e insatisfatória. Os personagens carecem de profundidade, as atuações estão no meio-termo e a trama é rasa.

A fotografia escura do filme, muitas vezes, prejudica a clareza das cenas, enquanto o uso frequente de cenas noturnas parece uma estratégia para disfarçar os efeitos visuais do Drácula, não à toa o personagem só aparece a noite. Um lado positivo é que o roteiro consegue encontrar uma boa justificativa, já conhecida, para as poucas aparições do monstro. Além disso, é perceptível que o visual do personagem parece ter sido inspirado no jogo ‘The Quarry’, o que pode ser instantaneamente identificado pelos fãs do jogo.

O filme começa de forma confusa, deixando o espectador desinteressado desde o início. A introdução falha em criar um gancho envolvente, o que estabelece um tom negativo para o resto do filme, que se desenrola ao longo de duas horas intermináveis.

A narrativa subsequentemente se arrasta, com uma apresentação prolongada de personagens desinteressantes. Embora o filme gaste tempo apresentando os personagens, falha em construí-los de maneira significativa. Isso resulta em personagens irrelevantes e mal desenvolvidos, o que leva a uma indiferença perante suas mortes sequenciais.

Drácula: A Última Viagem do Deméter (2023)” acaba sendo um filme de terror genérico e esquecível. A trama rasa e monótona, a fotografia confusa e um roteiro limitado contribuem para uma experiência cansativa. Não há muitas esperanças de encontrar algo significativo no filme, exceto talvez pelo visual do próprio Drácula, que se destaca como um dos poucos pontos positivos em uma das representações mais fracas do personagem no cinema.

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter

drácula a última viagem do deméter




Reply

Deixe uma resposta