Apostolo (2018) Netflix – Uma atmosfera rica mas mal aproveitada | Critica

Apostolo

Apostolo – O ritmo é muito lento e a história é confusa até certo ponto. Na medida em que o narrativa desenvolve as coisas não evoluem muito, o filme deixa uma sensação de que ficou faltando alguma coisa, como se não tivesse acontecido nada em 2h de filme e o final não poderia ser pior. Aqui no Audiencia da TV você encontra outros textos sobre criticas, analises, resenhas de filmes e series.

Apostle (2018)

apostolo

Um filme original Netflix.

O protagonista aparentemente tem uma missão que poderia ter sido resolvida mais rápido mas tudo bem, precisa

ter filme, então acompanhamos varias subtramas que não envolve ele e que também são descartáveis na sua

maioria.

apostolo

O filme todo da a impressão de que nada esta acontecendo e a trama não anda, mesmo que aconteça algumas

coisas, a impressão que da é de que ta tudo tedioso. Não existe ameaça real, até tem algumas cenas que deixam um

sentimento de perigo mas no geral é uma narrativa morta que não tem energia e chega a dar sono em alguns

momentos, mesmo tendo curiosidade para saber até onde as coisas porem ir.

apostolo

O lance da religião não é explorado como deveria, é até falado um pouco no começo mas depois é meio esquecido,

e a religião é algo citado esporadicamente mas não chega a ser importante quanto deveria, parece que o roteiro não

tinha muita criatividade pra ocupar os personagens e a maioria deles estavam vagando sem muito proposito.

SPOILERS

Apostle

O final desanda de vez quando descobrimos uma especie de “Deusa” que habita a ilha e esta aprisionada, quando eu escutei a palavra “Deusa” o filme acabou para mim, poderiam ter chamado de bruxa ou algo assim, não fez sentido nenhum a personagem ter entrado na trama e como ela foi apresentada, alem do “ajudante” dela que também é deixado de lado e não se sabe ao certo o que ele é e também nessa altura já não importa mesmo. Também tem a hora que o protagonista resolve ficar na lha e ali eu já percebi que ele ia virar a “nova deusa” e foi o que aconteceu.

Apostle

Um filme com uma temática muito interessante, que poderia abordar a religião de formas controversas ou até

mesmo aproveitar o cenário desértico que a ilha proporciona para dar um ar de claustrofobia na noite carregada de

nevoa mas até esses cenários propícios é descartado para dar lugar a uma história confusa e sem força.

Nota: 4/10