Estranho Passageiro: Sputnik (2020) | Critica

Resenha Critica do filme Estranho Passageiro: Sputnik (2020). Lançamento da Netflix. Direção: Egor Abramenko. Sinopse: No dia 5 de novembro de 1983, uma espaçonave soviética colide com a Terra. Surpreendentemente, um dos cosmonautas sobrevive ao acidente sem praticamente um arranhão. No entanto, ele carrega uma criatura alienígena em seu corpo.

Estranho Passageiro Sputnik Critica

Estranho Passageiro Sputnik critica

Esse é um daqueles filmes que tentar surpreender ou impressionar de alguma forma mas fica só nadando no raso. A história é bem simples, não existem grandes acontecimentos e termina ainda mais simples do que começou. O filme todo é arrastado, acompanhamos a protagonista descobrindo coisas que já estão bem obvias e isso custa muito tempo de tela, mesmo que o roteiro tente construir alguma tensão, a verdade é que é tudo tão artificial que nunca chega de fato a conseguir gerar alguma coisa.
Estranho Passageiro Sputnik critica

Chega um momento que o roteiro do filme não esta ligando mais para nada e simplesmente faz o que bem entender, independente da logica já estabelecida.

Estranho Passageiro Sputnik critica

O filme aposta bastante no drama, e de vez em quando joga cenas com o alienígena em computação gráfica, que até chega a ser interessante na sua primeira aparição mas logo depois perde toda a força.

Estranho Passageiro Sputnik critica

Essa tinha tudo para ser uma ficção cientifica boa, que instigue o espectador, mas prefere jogar no lugar seguro e concluiu a história quase como um romance fraco e genérico.

Nota

Estranho Passageiro Sputnik critica

Estranho Passageiro Sputnik critica

Estranho Passageiro Sputnik critica

Estranho Passageiro Sputnik critica

Estranho Passageiro Sputnik critica

Estranho Passageiro Sputnik critica

Estranho Passageiro Sputnik critica