Critica | Brightburn – Filho das Trevas (2019)

Critica Brightburn

Critica – A onda dos filmes de super-heróis estão cada vez mais forçando os estúdios a investirem em vertentes do gênero. Brightburn busca reimaginar como seria se o herói clássico Superman, fosse na realidade uma criatura perversa e completamente maligna.

Critica Brightburn

Quando uma criança alienígena cai no terreno de um casal da parte rural dos Estados Unidos, eles decidem criar o menino como seu filho. Porém, ao começar a descobrir seus poderes, ao invés de se tornar um herói para a humanidade, ele passa a aterrorizar a pequena cidade onde vive, se tornando uma força obscura na Terra.

Critica | Era Uma Vez em Hollywood (2019)

Critica | O Rei Leão (2019) – Vazio e esquecível

Critica | Nina: No Palco e na Vida (All About Nina) – 2018

O filme porém não se sai bem em desconstruir essa imagem padrão que conhecemos do herói, a impressão é de que a preocupação maior é deixar toda a parte com cenas escatológicas visível e preocupantemente mais tempo do que funcionaria em tela.

Critica Brightburn

O formato pelo qual o filme decide ir também é esquisito, a todo momento é notável o quanto a filmagem e a maneira de montar as cenas se assemelha a uma série de tv, o que não seria nada mal se a ideia inicial fosse criar uma série em vez de um filme.

Critica Brightburn

O modo como o protagonista muda de humor ou opinião confirme o roteiro pede é vergonhoso, não da para levar nada do que acontece a sério. Tudo que acontece é em beneficio do apelo visual que funciona separadamente mas como um todo fica cansativo e soa como algo insistente.