Bolsonaristas Foragidos reclamam da falta de apoio da direita e pedem Pix em Live

Em um episódio revelador, bolsonaristas que se encontram foragidos fizeram ecoar suas vozes em uma transmissão ao vivo que aconteceu após a condenação do primeiro réu envolvido nos eventos de 8 de janeiro. A transmissão, realizada no perfil de Esdras, que ficou conhecido por suas lágrimas enquanto autoridades desmontavam um acampamento em frente ao quartel do Exército em Minas Gerais, trouxe à tona não apenas suas preocupações, mas também uma série de críticas direcionadas a políticos bolsonaristas. Entre eles, foram mencionados o deputado Nikolas Ferreira (PL) e o senador Cleitinho Azevedo (Republicanos).

A Busca por Apoio Político

Durante a transmissão, os foragidos expressaram suas frustrações quanto à aparente falta de apoio político. Esdras Jonatas dos Santos, um dos bolsonaristas em fuga, detalhou seus esforços para entrar em contato com o deputado Nikolas Ferreira e o senador Cleitinho Azevedo, ambos representantes de Minas Gerais. No entanto, as respostas que receberam, ou a falta delas, trouxeram desânimo. Segundo Esdras, Cleitinho Azevedo teria afirmado que o problema era de responsabilidade dos advogados e que ele não poderia intervir de forma alguma.

A Expressão da Frustração

Em meio a sentimentos de abandono político, José Renato Gasparim Junior, outro bolsonarista foragido, não conteve sua revolta. Ele compartilhou sua crescente frustração com parlamentares que, segundo ele, ignoram suas mensagens ou se recusam a oferecer assistência. Suas palavras refletem um profundo desapontamento com aqueles que deveriam representar seus interesses, mas, segundo sua perspectiva, permanecem inertes.




Reply

Deixe uma resposta