Bem-vindos a Bordo – filme de Emmanuel Marre e Julie Lecoustre

O filme francês “Bem-vindos a Bordo” (Zero Fucks Given), protagonizado por Adèle Exarchopoulos (“Azul é a Cor Mais Quente”, “Insensata Paixão”), chega aos cinemas brasileiros no dia 1º de dezembro, com distribuição de Synapse Distribution. O filme é escrito e dirigido por Emmanuel Marre e Julie Lecoustre.

Uma Quedinha de Natal (2022)

Terrifier 2 (Aterrorizante 2, 2022)

Pantera Negra 2: Wakanda Para Sempre (2022)

O Menu – Filme estrelado por Anya Taylor-Joy

Bem-vindos a Bordo

Vencedor do prêmio Gan Foundation Award for Distribution no Festival de Cannes de 2021, o longa acompanha Cassandra, uma comissária de bordo de uma companhia aérea doméstica que leva a rotina do trabalho no modo automático. Ao ser dispensada pela empresa, a jovem se vê obrigada a descartar antigos hábitos e lidar com o que a vida lhe preparou em seu retorno para casa.

Os cineastas, que colaboraram em 2017 na produção “From Castle to Castle”, contam que “Bem-vindos a Bordo” explora a dicotomia entre a caótica vida pessoal e a serenidade no trabalho dessa comissária de bordo, que precisa camuflar seus sentimentos para executar suas demandas. “Nós vemos como o lado íntimo da personalidade de alguém entra em conflito com seu lado público. Quando escondida atrás de um uniforme, a singularidade dessa pessoa pode colapsar ainda mais, e há algo perturbador nisso”, explica Julie.

Emmanuel diz ainda que a escolha de Adèle para o papel da protagonista foi pensada desde o início: “Logo que conhecemos Adèle, vimos que algo se destacava nela. Sua melancolia, a angústia que ela exala, além da capacidade de sair do controle e retornar para ele em poucos instantes. Tudo isso nos convenceu de que Adèle poderia ser Cassandra”.

Por sua vez, Adèle Exarchopoulos, aclamada e premiada atriz, conta ter acompanhado e estudado a fundo o comportamento de comissárias de bordo para este filme. “Tive a chance de conhecer várias mulheres que trabalham na área. Elas devem ser o sorriso da companhia aérea que as emprega, devem ser tranquilas e mostrar sua feminilidade. Me encontrei cercada por pessoas em seu ambiente de trabalho habitual e sua espontaneidade me ensinou algo como atriz”, detalha.

“Bem-vindos a Bordo” foi exibido na seleção oficial do Festival de Veneza de 2021 e indicado a mais dois prêmios além da categoria que ganhou: Critics’ Weeks Grand Prize e Golden Camera. No elenco também estão Mara Taquin (“After Blue”) e Alexandre Perrier (“Bang Gang”).

Distribuída pela Synapse, a produção estreia nos cinemas em 1º de dezembro.



Reply