Internautas pedem prisão de Silas Malafaia após ataques a Alexandre de Moraes

A reação negativa nas redes sociais não cessou após o pastor-empresário Silas Malafaia fazer ataques ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes e expressar seu apoio a Jair Bolsonaro (PL). A hashtag “Malafaia na cadeia” tornou-se um dos tópicos em tendência no Twitter, com internautas pedindo a prisão do pastor.

“Maior propagador de ódio contra Alexandre de Moraes”

Diversos usuários manifestaram indignação com o comportamento de Malafaia, acusando-o de propagar ódio contra Alexandre de Moraes. Um perfil na rede social enfatizou que o pastor chegou a prever a queda de Moraes durante um evento religioso, seja por intervenção divina ou por meios políticos. A hashtag “Malafaia na cadeia” foi empregada para expressar o desejo de que ele seja responsabilizado legalmente por suas declarações.

Críticas à Postura de Malafaia

Outras pessoas condenaram fortemente o comportamento do pastor, chamando-o de “cretino” por usar a Bíblia para promover discursos de ódio e o rotulando como um “fascista travestido de Pastor evangélico”. Muitos acusaram Malafaia de explorar seus fiéis para ganho pessoal.

Enquanto a discussão sobre Silas Malafaia se desenrolava nas redes sociais, internautas também aproveitaram para abordar outros temas, incluindo o recente caso da inocentação de Dilma Rousseff das acusações de “pedaladas fiscais” pelo Tribunal Regional Federal (TRF1), bem como críticas ao presidente Jair Bolsonaro e ao advogado Frederick Wassef.




Reply

Deixe uma resposta