Padre Fábio de Melo supera Silas Malafaia e é eleito o religioso mais influente na internet

Ascensão das redes sociais e a jornada digital do carismático padre

No início do século 21, as redes sociais surgiram em conjunto com a ordenação clerical, e sua relação com o padre Fábio de Melo começou a se tornar séria anos depois, quando um rapaz que o acompanhava como pianista criou uma conta no Twitter para ele. E então surgiu a sugestão da amiga Guilhermina Guinle: por que não o Instagram?

Thomaz Costa Pelado

Paloma Bernardi Nua

Sabrina Sato Nua

Larissa Manoela Nua

Pesquisa revela o poder de influência do padre nas mídias digitais

Em 2023, o padre Fábio de Melo, aos 52 anos, foi apontado como o religioso mais influente do Brasil em uma pesquisa realizada pelo Datafolha. Dos 1.500 entrevistados em uma enquete virtual entre os dias 2 e 9 de maio, 16% o mencionaram, o dobro do segundo colocado, Marcelo Rossi. Em seguida, aparecem o pastor Claudio Duarte, o papa Francisco e Silas Malafaia. A margem de erro é de três pontos percentuais.

A trajetória do padre no mundo digital e sua descoberta das redes sociais

A peregrinação digital começou quando Fábio de Melo já era popular por unir sua vocação religiosa com a música. Ele descobriu o poder das redes sociais, para o bem e para o mal, no Twitter, onde 8,5 milhões de pessoas o seguem.

Equilibrando humor e espiritualidade para alcançar mais pessoas

Sua presença online inicialmente era mais séria, procurando ser o mais respeitado possível. Como professor universitário de teologia e filosofia, ele desejava ir além do estereótipo de “padre bonitinho que também canta”. No entanto, ao fazer uma observação bem-humorada sobre uma plateia famosa em um prêmio musical, ele ganhou seguidores fora da comunidade católica e percebeu que poderia dosar humor e espiritualidade.

Auge da presença virtual durante a pandemia e suas palavras de impacto

Fábio de Melo afirma que o ponto alto de sua presença virtual ocorreu durante a pandemia. Ele chegou a participar de missas que reuniram até 700 mil pessoas ao vivo na época. Suas palavras evangelizadoras frequentemente se mesclam a críticas sociais, como quando repudiou o racismo sofrido pelo jogador Vini Jr.

Desafios e polêmicas da vida online do padre

Às vezes, ele se envolve em polêmicas que chegam aos sites de fofoca, resultando em manchetes como “Padre Provoca Ebulição na Web”. Em 2017, um portal reproduziu uma selfie em que Fábio de Melo aparecia vestido de marinheiro, uma foto que ele posteriormente apagou. O site também mencionou uma notícia falsa de que ele abandonaria o celibato após se apaixonar por uma mulher.

Um religioso sob escrutínio e sua visão pessoal

Como o religioso favorito da internet, Fábio de Melo está constantemente sob escrutínio. Ele já foi acusado de gordofobia e se desculpou por postar um vídeo de um homem obeso caindo em cima de outro na praia. Quanto à política, ele evita declarar preferências atualmente, encontrando-se em um fogo cruzado entre conservadores que o consideram moderno demais e esquerdistas que o veem como conservador. Ele tem uma visão tranquila de si mesmo: “Moderno por fora, antigo por dentro”.




Reply

Deixe uma resposta