Prevendo que vai ser preso, Bolsonaro chora e tenta se vitimizar ao vivo

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) se emocionou durante entrevista à emissora Jovem Pan, ao falar sobre a Operação Venire, realizada pela Polícia Federal em sua residência no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira, 3. A operação investiga um grupo suspeito de inserir dados falsos de vacinação contra a Covid-19 nos sistemas do Ministério da Saúde. Bolsonaro teve seus celulares apreendidos pelos agentes.

URGENTE: Polícia Federal faz busca na casa de Bolsonaro e prende ex-assessor

Sikêra Jr. quebra silêncio e culpa Bolsonaro por ter sido demitido da RedeTV!

Pesquisa mostra que 81% dos brasileiros concordam com investigação sobre as joias sauditas de Bolsonaro

Durante a entrevista, o ex-presidente negou mais uma vez a falsificação de seu cartão de vacinação e afirmou que não tomou o imunizante. Ele explicou que não precisou apresentar o documento durante suas viagens aos Estados Unidos e Europa, onde foi tratado como chefe de Estado.

Bolsonaro ainda mencionou que o cartão de vacina de sua esposa, Michelle, foi encontrado pelos agentes e que ela foi vacinada em 2021 nos Estados Unidos, mas não ele.

A operação da Polícia Federal resultou na prisão do tenente-coronel Mauro Cid, ex-ajudante de ordens de Bolsonaro, e outras cinco detenções. Foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e seis mandados de prisão preventiva, em Brasília e no Rio de Janeiro.




Reply

Deixe uma resposta