Rachel Sheherazade critica Jornalismo do SBT: “Fraco e Pequeno”

A jornalista Rachel Sheherazade, após uma derrota em um processo judicial contra o SBT, expressou suas críticas em relação ao jornalismo da emissora. Durante uma entrevista no Flow Podcast, a ex-Fazenda compartilhou sua opinião sobre os motivos pelos quais o canal não se destaca na área de notícias, destacando seu foco predominante no entretenimento.

Sheherazade avaliou que o SBT é “uma emissora eminentemente de entretenimento” e, devido a esse enfoque, o jornalismo é considerado “fraco, pequeno”. Ela observou que, simultaneamente, a ênfase em entretenimento é “gigantesca”. Além disso, a jornalista revelou que tinha planos de fazer a transição do jornalismo para o entretenimento, mas essa mudança não teve tempo de ocorrer no SBT.

“A âncora relembrou suas participações em outros programas da emissora, como Raul Gil e A Praça é Nossa, destacando a receptividade positiva do público nessas ocasiões. “Eu participei de tudo: Raul Gil, A Praça é Nossa, fiz ponta em novela, que eu me realizei, porque sou uma atriz frustrada… Passei por tudo do entretenimento no SBT e todas as vezes que eu participava de um programa desses, a gente era vice-campeão”, revelou.

A saída conturbada de Rachel Sheherazade do SBT foi marcada por diferenças relacionadas aos seus comentários políticos, levando à sua afastamento. Ela entrou com uma ação judicial exigindo R$ 20 milhões de indenização para comprovar vínculo empregatício, além de acusar a emissora de assédio moral. Recentemente, o ministro Alexandre de Moraes, do STF, derrubou a decisão que obrigava a emissora a indenizar a ex-funcionária.




Reply

Deixe uma resposta