Little Women (Adoráveis Mulheres, 2020) | Critica do Filme

Little Women 2020 Critica – Além de um filme feminista, “Adoráveis Mulheres” é sobre escolhas, consequências e pertencimento. Da mesma diretora de Lady Bird, Greta Gerwig, o longa é o sétimo filme adaptado da obra literária de mesmo nome. É estrelado por Saoirse Rona, Emma Watson, Florence Pugh, Eliza Scanlen, Laura Dern, Timothée Chalamet e Meryl Steep.

Little Women (Adoráveis Mulheres, 2020) | Critica do Filme

little women

Poderia dizer que o elenco carrega o filme mas a direção de Gerwig é bem acertada. Além de conduzir os personagens em cena de forma natural e intima, a câmera faz parte dos cômodos acompanhando cada história através do olhar das irmãs March.

little women

Greta Grewing tem o máximo de cuidado ao cortar rapidamente de uma cena para outra, quando percebe que não há tempo a perder. A trilha sonora ajuda muito na passagem das cenas, também conduzindo o espectador a sentir as mesmas emoções dos personagens em tela.

As divisões de linhas temporais é diferenciada de forma simples, apenas com mudança na paleta de cor, onde o passado é filmado com um tom saturada e o presente com um tom mais frio e natural. Também é colocado alguns paralelos em cenas para mostrar a diferença do que já foi e o que é.

jake gyllenhaal filmes
filmes star wars
casamento sangrento filme

Elenco

little women

Saoirse Ronan e Florence Pugh sãos os grandes destaques. As duas personagens contrastam personalidades ambiciosas a sua maneira, existe conflito entre mulheres mas logo é resolvido sem estender e forçar o que não é interessante para narrativa.

Timóteo Chalamet, até consegue se destacar mas na hora de apresentar suas cenas dramáticas. A câmera treme demais e tudo passa despercebido, com um zoom onde o foco é perdido e sua atuação não é notada.

Laura Dern, Emma Watson, Meryl Streep e Eliza Scanlen fazem as personagens menos aproveitadas mas suas participações são de extrema importância para a construção das demais personagens.

little women

Existem vários discursos interessantes, como o de entender o que é melhor para se ter uma vida boa, mesmo que isso lhe custe muito; A relação de Critico com Artista; E o interesse de uma mulher por ela mesma, sem se sentir obrigada a ter uma relação amorosa para se sentir completa.

A metalinguagem sobre de Jo March, que é escritora e questiona sobre a necessidade de ser uma personagem de um livro é excelente. Assim como o dialogo sobre o interesse do público por um romance que conta histórias sobre a rotina de uma família, fazendo referencia ao tema do próprio filme.

Little Women” apresenta personagens com histórias e pensamentos distintos, em um período onde ser mulher, era se conformar com o que lhe era atribuído.

little women