Ex-ministro Sergio Moro deve ser investigado por proteger Queiroz, diz deputado

Em sua conta no twitter, o deputado Ricardo Barros disse que o Ex-ministro Sergio Moro deve ser investigado por tentar proteger Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro que foi encontrado escondido no escritório do advogado da família do presidente. Queiroz não estava foragido mas as circunstancias de manter ele escondido é o que intriga as autoridades e isso levantou uma observação do deputado paranaense do PP.

Ex-ministro Sergio Moro deve ser investigado por proteger Queiroz, diz deputado

Ex-ministro Sergio Moro deve ser investigado

Flávio Bolsonaro é apontado como chefe de quadrilha

VÍDEO: Luciano Huck elogia Bolsonaro

Advogado de Bolsonaro participava de seita satânica acusada de matar crianças

“STF já pode arquivar o inquérito que apura interferência de Bolsonaro na PF.Perdeu finalidade.Poderia investigar porque Moro e Valeixo não prenderam Queiroz. Porque Moro trouxe toda a república de Curitiba para o Ministério da Justica. Teria ele aparelhado a PF?Com que propósito?” declarou Ricardo Barros na publicação.

Confira o tweet: