Dubladores Brasileiros promovem campanha pela regulamentação do uso de Inteligência Artificial (IA)

Nesta sexta-feira, 19, dubladores de todo o Brasil se uniram em uma campanha com a hashtag #dublagemviva, buscando regulamentar o uso de inteligência artificial (IA) na dublagem. Reconhecidos profissionais, como Angélica Santos (Cebolinha da Turma da Mônica), Raphael Rossatto (Peter Quill de “Guardiões da Galáxia”), e Nizo Neto (Ferris Bueller em “Curtindo a Vida Adoidado”), participaram da ação.

A campanha envolveu a gravação de vídeos pelos dubladores, divulgados nas redes sociais, onde mencionam o nome e a hashtag #dublagemviva.

O manifesto do movimento destaca a importância da regulamentação diante do uso crescente de IA no setor de dublagem e em outras áreas culturais e artísticas. Os profissionais expressam preocupações sobre os possíveis impactos negativos e buscam um equilíbrio entre avanços tecnológicos, preservação de empregos e a manutenção da qualidade da dublagem.

O movimento brasileiro também conta com a parceria de instituições internacionais dedicadas à dublagem, como National Association of Voice Actors (Nava), United Voice Artists (UVA), Organización de Voces Unidas (OVU) e Sindicato de Actores de Voz y Voice Talents de Madrid (AVTA). A iniciativa destaca a importância de unir esforços globalmente para enfrentar os desafios relacionados ao uso de IA na indústria da dublagem.




Reply

Deixe uma resposta