Wagner Moura declara voto em Lula: “O presidente mais importante da história”

Em entrevista ao repórter Leonardo Sanchez, Wagner Moura declarou voto a Lula e falou sobre o governo atual de Bolsonaro e o lançamento do filme Marighella. O ator chegou a definir a vitória de Bolsonaro em 2018 como “trágica, mas pedagógica” por revelar que o Brasil é “um país autoritário, violento, racista, de uma elite escrota” segundo ele.

Moura disse que vai votar em Lula: “Por um tempo, achei que Marina Silva representava esse passo adiante, mas ainda procuro por esse alguém, seja na figura de um partido, seja na de um político. Há muitos políticos que respeito, jovens, que podem virar esse passo adiante, mas agora o momento é de reconstrução da democracia. Então, se a eleição fosse hoje, acho que eu votaria no Lula.”

“O que está em jogo hoje é a democracia em si”… “O retrocesso foi tão grande que temos que olhar para a saúde da democracia, independentemente de quem seja o próximo presidente do Brasil. A gente tem que derrotar esse atraso.” concluiu o ator.