Novo secretario da Cultura, Mario Frias chama auxilio emergencial de esmola

Novo secretario da Cultura, Mario Frias chama auxilio emergencial de esmola em uma entrevista ao deputado estadual e filho do presidente, Eduardo Bolsonaro. A entrevista foi publicada no sábado, no canal do Youtube de Eduardo Bolsonaro e nela Mario Frias fala sobre experiencia como ator e também sobre o auxilio emergencial ao setor artístico que segundo ele é uma esmola.

Novo secretario da Cultura, Mario Frias chama auxilio emergencial de esmola

Mario Frias chama auxilio emergencial de esmola

Assistir Globo ao vivo online grátis

Odiada por Bolsonaro, Globo da mais audiência que Record, SBT e todas as emissoras juntas

Queiroz negocia delação premiada e deve entregar os podres da Familia Bolsonaro

“Artista não quer esmola. A maioria que eu vejo diz: ‘Me deixa trabalhar’. Não quer auxílio” disse Mario Frias sobre o auxilio emergencial para artistas que já foi aprovado no Congresso Nacional mas ainda espera a assinatura de Bolsonaro.

Mario Frias também fez elogios a Globo: enho 13 anos de TV Globo, é uma escola, é um padrão. Basta para que você olhe uma imagem e aquilo te constranja: ‘pô, tá errado’. É um senso crítico que te desenvolve.”

A entrevista seguiu falando sobre Lei Rouanet e outros assuntos envolvendo a aria de atuação de Mario Frias.