MC Bin Laden defende Lula e detona Bolsonaro no BBB: “Lula que mais olhou o pobre”

No cenário controverso do Big Brother Brasil (BBB), o cantor e compositor MC Bin Laden tomou a frente para expressar seu apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O episódio ocorreu após discordâncias em uma conversa entre participantes do reality da TV Globo, na quarta-feira (17/1).

Durante o diálogo, o participante Nizam teria relacionado um assalto em sua residência à suposta influência de Lula, alegando que o criminoso não seria detido devido às políticas do ex-presidente. Essa declaração gerou repercussão imediata, com MC Bin Laden e seu colega Luigi se pronunciando sobre o tema.

Bin Laden criticou veementemente o posicionamento de Nizam, desqualificando a afirmação e destacando que o país enfrenta desafios mais amplos, como questões de saúde mental. O funkeiro ressaltou a falta de preparo psicológico da população para o porte de armas, refutando a ideia de que a culpa recairia sobre Lula.

“Bagulho já foi comprovado. Muita gente com depressão, ansiedade, psicologicamente não é um país preparado para ter porte de arma”, afirmou MC Bin Laden. Além disso, ele enfatizou a necessidade de incentivar o acesso à educação, sugerindo que o foco deveria ser a promoção de livros em vez de armas.

“Vai falar que a culpa é de um presidente que mais olhou para o povo pobre? Ah, se liga mano. (…) Nós vamos motivar os outros a terem arma ao invés de ter livro? O povo tá passando fome cara? (que falta) saúde pública? O mano quer meter uma dessa pra nós?”, questionou Bin Laden, contribuindo para o debate sobre questões sociais e políticas no contexto do reality show.




Reply

Deixe uma resposta