Lula faz sucesso em Londres e Charles III pede que o presidente cuide da Amazônia

Mesmo com a tradição enraizada na monarquia britânica, o novo rei, Charles III, se mantém conectado com as questões da atualidade, incluindo a preservação ambiental, o mercado de carbono e a luta contra as mudanças climáticas. Desde 2007, quando ainda era príncipe, Charles criou a ONG “Projeto de Florestas Tropicais do Príncipe”, que trabalha em prol da proteção e conservação das florestas tropicais. Em 2009, o então herdeiro do trono visitou projetos ambientais em Santarém, no oeste do Pará, percorrendo até mesmo de carro os 30 km que separam a vila de Alter do Chão da sede do município.

QUERIDO PELO POVO: Lula sobe para 52% de aprovação em nova pesquisa

Bolsonaro usa e-mail com nome do Lula em registro de vacinação falsificado

Em Londres, Lula faz negociação histórica arrecadando R$500 milhões para o Brasil

Um dos projetos ambientais que conta com a liderança do monarca é a Nova Ferroeste, que busca a ligação ferroviária entre Paraná e Mato Grosso do Sul. A iniciativa foi incluída na “Iniciativa de Mercados Sustentáveis”, promovida por Charles, como uma forma de combater as emissões de gases do efeito estufa e impulsionar o desenvolvimento econômico das regiões Sul e Centro-Oeste do Brasil.

Após a coroação, Charles III se encontrou com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e a pauta ambiental foi um dos temas abordados pelos líderes. Lula relatou aos jornalistas que o rei britânico pediu ao Brasil que cuide da Amazônia. O presidente brasileiro respondeu ao rei que a proteção da floresta é uma tarefa que requer ajuda e recursos.




Reply

Deixe uma resposta