Lucas Lucco enfrenta processo judicial por sorteio polêmico de transplante capilar

Cantor é processado após desclassificar vencedor de sorteio

O cantor Lucas Lucco, de 32 anos, está enfrentando um processo movido por um homem que ganhou um sorteio promovido pelo artista, mas acabou sendo desclassificado. O prêmio em questão era um procedimento de transplante capilar.

 

A polêmica do sorteio e a desclassificação do vencedor

A informação foi divulgada pela jornalista Fábia Oliveira, do Metrópoles, e confirmada pelo Splash. A reportagem entrou em contato com a assessoria de Lucas Lucco e aguarda uma resposta para atualizar o texto.

Em 2020, Lucas Lucco realizou um sorteio em parceria com uma empresa de medicina capilar, oferecendo aos seguidores a chance de ganhar um transplante capilar.

Leandro Rabelo Penha foi o sorteado no dia 21 de julho de 2020. No entanto, ele foi desclassificado por supostamente não estar seguindo os perfis de Lucas e do médico proprietário da clínica (@lucaslucco e @thiagobiancoleal), conforme alegado pelo cantor.

No dia seguinte, outro seguidor foi sorteado como substituto.

A ação judicial e as alegações do autor

Leandro entrou com uma ação no ano passado, alegando que cumpriu todas as regras do sorteio e que a justificativa apresentada para sua desclassificação – ter um perfil aberto no Instagram – não havia sido estabelecida como requisito para participação.

O autor do processo busca a realização do transplante capilar e o pagamento de uma indenização por danos morais no valor mínimo de R$ 15 mil.

A juíza Renata Bittencourt Couto da Costa enviou um ofício ao Facebook para verificar a veracidade das informações fornecidas pelas partes envolvidas no processo e para confirmar se, de fato, em 21 de julho de 2020, Leandro estava seguindo os perfis de Lucas e do Dr. Thiago.

Além de Lucas Lucco, a empresa responsável pelo procedimento, Bellegarde & Bianco Medicina Capilar Ltda, também é ré no processo judicial.




Reply

Deixe uma resposta