Globo Implementa Mudanças para Revitalizar ‘The Masked Singer’ em Meio à Baixa Audiência

O reality show “The Masked Singer,” apresentado por Ivete Sangalo, passou por uma série de alterações em uma tentativa de recuperar a audiência, que tem declinado nas últimas temporadas. Inicialmente transmitido à noite em 2021, o programa foi realocado para as tardes de domingo para atrair um público familiar, mas essa mudança não produziu os resultados desejados.

As últimas mudanças incluem:

  1. Horário de Exibição: A competição foi movida para o horário vespertino de domingo para atrair um público mais amplo.
  2. Jurados: Mateus Solano e Eduardo Sterblitch foram substituídos por José Loreto e Paulo Vieira na equipe de investigadores de celebridades mascaradas, mantendo Sabrina Sato e Taís Araújo.
  3. Apresentadores: A cantora Priscilla foi substituída por Kenya Sade, conhecida por sua cobertura de eventos musicais na Globo e Multishow.
  4. Cenário: O palco foi reformulado para uma arena 360º, aproximando a plateia dos mascarados e da apresentadora Ivete Sangalo.
  5. Fantasias e Homenagens: Novas fantasias foram criadas pelos figurinistas da escola de samba Acadêmicos do Grande Rio, homenageando vencedores anteriores do programa.
  6. Masked Sino: Um novo recurso que permite que os jurados anulem a revelação de um dos mascarados e o salvem da eliminação, podendo ser usado uma vez por jurado.
  7. Elenco Virtual: Além dos competidores presenciais, o programa agora apresenta famosos de forma virtual usando uma técnica 3D inédita.
  8. Interatividade com o Público: Um aplicativo permite que os espectadores palpitem sobre a identidade dos mascarados e participem de concursos para ganhar prêmios.
  9. Retorno aos Domingos: O programa retorna à grade de programação da Globo aos domingos, após o “Temperatura Máxima.”

Essas mudanças buscam revitalizar o interesse do público e melhorar a audiência do programa, que estreia neste domingo (21) na TV aberta.




Reply

Deixe uma resposta