“Taylor Swift: Eras Tour” Quebra Recordes de Pré-vendas e Supera “Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa” nos Cinemas

O filme ‘Taylor Swift: The Eras Tour‘ está fazendo história nas pré-vendas de ingressos. Com estreia marcada para 13 de outubro nos EUA, o filme já arrecadou impressionantes US$ 26 milhões em pré-vendas de ingressos nos cinemas da rede AMC.

Taylor Swift: Eras Tour: Recorde na AMC

A produção estabeleceu um recorde de vendas em um único dia para a AMC, superando ‘Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa‘ (US$ 16,9 milhões) menos de três horas após o anúncio. Vale lembrar que este número se refere apenas às pré-vendas na AMC, então o número real de ingressos vendidos é muito maior.

Expectativa de Arrecadação

O filme-concerto de Taylor Swift também promete arrecadar mais de US$ 100 milhões no fim de semana de abertura, o que é um marco sem precedentes para esse tipo de filme. A produção está com o hype tão elevado que obrigou o produtor Jason Blum a antecipar o lançamento de ‘O Exorcista: O Devoto‘, que estava programado para o mesmo dia (13 de outubro).

‘O Exorcista: O Devoto’ e a Voz Demoníaca

David Gordon Green, diretor de ‘O Exorcista: O Devoto‘, compartilhou sua abordagem cuidadosa em relação à icônica voz demoníaca na franquia clássica do terror. Ele expressou seu desejo de não decepcionar os fãs e reconheceu o papel crucial que essa característica desempenha na série.

Green revelou que a versão final do filme pode diferir do que foi apresentado no trailer oficial. O filme contará com Leslie Odom Jr., Ann Dowd, Jennifer Nettles, Norbert Leo Butz, Lidya Jewett, Olivia Marcum e Ellen Burstyn no elenco.

‘O Exorcista: O Devoto’ – O Filme Mais Arriscado de Jason Blum

O produtor Jason Blum comentou sobre a expectativa pelo lançamento de ‘O Exorcista: O Devoto‘ e disse que este é o filme mais arriscado de sua carreira devido ao alto custo. Blumhouse, sua produtora, é conhecida por fazer filmes de baixo orçamento com grande potencial de retorno financeiro.

Em relação a ‘O Exorcista‘, ele afirmou que é um alto risco para seus parceiros financeiros, mas não tanto para a Blumhouse, já que eles já foram pagos pelo projeto.




Reply

Deixe uma resposta