Influencer Fitness Renato Cariani é Alvo de Operação da PF Contra Tráfico de Drogas

Nesta terça-feira (12), a Polícia Federal conduziu uma operação voltada ao combate do tráfico de drogas e ao desvio de um produto químico utilizado na produção de crack. O principal foco da ação é a empresa Anidrol, uma indústria química localizada em Diadema, na Grande São Paulo, que tem como sócio o influencer do universo fitness, Renato Cariani.

A PF executou 18 mandados de busca e apreensão, distribuídos entre 16 em São Paulo, um em Minas Gerais e outro no Paraná. De acordo com os investigadores, o grupo é suspeito de desviar toneladas de um produto químico para produzir entre 12 e 16 toneladas de crack. A operação ocorre em colaboração com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO do MPSP) de São Paulo e a Receita Federal.

A investigação teve início em 2022, quando uma empresa farmacêutica multinacional alertou a PF sobre notificações da Receita Federal relacionadas a notas fiscais faturadas em seu nome, com pagamentos em dinheiro não declarados. A empresa farmacêutica negou ter adquirido o produto, alegando desconhecer os fornecedores e os depositantes.

Com base nessas informações, os investigadores descobriram que, entre 2014 e 2021, o grupo emitiu e faturou notas em nome de três grandes empresas de maneira fraudulenta: AstraZeneca, LBS e Cloroquímica. Embora a PF tenha solicitado a prisão dos envolvidos, o Ministério Público tenha sido a favor, a Justiça negou a medida. A operação destaca as complexas ramificações do tráfico de drogas e as investigações em torno do desvio de substâncias químicas essenciais para sua produção.




Reply

Deixe uma resposta