Em Represália, Bolsonaro corta 60% de verba publicitaria da Globo

Mesmo sendo a maior emissora do Brasil registrando índices absurdos de audiência, Bolsonaro corta 60% de verba publicitaria da Globo. O TCU (Tribunal de Contas da União) apontou a falta de critério técnico com a troca de divisão das verbas nas principais emissoras do Brasil. Segundo uma matéria da Folha, desta quarta-feira, dia 12 de agosto. Lembrando que a Globo foi a mais prejudicada mesmo registrando a maior audiencia da tv se comparado as demais emissoras.

Em Represália, Bolsonaro corta 60% de verba publicitaria da Globo

Assistir Globo ao vivo online grátis

Assista os melhores filmes grátis por 30 dias no Telecine

Gracyanne Barbosa nua

A Secom (Secretaria de Comunicação da Presidência) aplicou um investimento publicitário no mesmo período de 31% para 43% na Record TV. Já a emissora de Silvio Santos, o SBT, teve o aumento de 30% para 41% em sua verba. Lembrando que Silvio e Edir Macedo, são apoiadores declarados de Bolsonaro. Segundo o chefe do executivo, a Globo é um “inimigo” na mídia.

A Rede Globo passou de 39% da participação para 16%, somando uma queda de 60% ao canal, comparando os anos de 2018 a 2019. Fábio Faria, ministro das comunicações, é genro de Silvio Santos.

Reply