Após derrota Edson Fachin tenta novo Golpe contra Lula

Após derrota Edson Fachin tenta novo Golpe contra Lula – A corrida para tentar retirar o ex-presidente Lula da disputa em 2022 ainda não acabou. o Ministro Edson Fachin tenta a qualquer custo impedir que o candidato que esta em primeiro lugar em todas as pesquisas não concorra ao pleito de 2022.

Em declaração à Revista Veja nesta sexta-feira (9), Fachin disse que “não seria inusual” o plenário da Corte reverter a decisão da Segunda Turma que declarou o ex-juiz Sergio Moro suspeito por ter agido com parcialidade nos processos contra o petista na Lava Jato.

Após derrota Edson Fachin tenta novo Golpe contra Lula

Para o ministro, o plenário do STF que vai julgar recurso da Procuradoria-Geral da República sobre a incompetência da 13a Vara Federal de Curitiba na próxima quarta-feira (14), pode tornar sem efeito a suspeição do ex-juiz Sergio Moro dada pela Segunda turma.

Votaram pela suspeição de Moro, os ministros, Gilmar Mendes, Ricardo lewandowski e a ministra Carmem Lucia que mudou de voto no dia do Julgamento diante das novas evidencias, tonando Moro suspeito de Julgar Lula

“Não seria inusual o plenário derrubar o entendimento da turma. Portanto, no dia 14, os onze ministros vão decidir se o fato de o relator ter declarado a incompetência de Moro para julgar Lula em Curitiba invalida toda e qualquer deliberação que tenha sido tomada depois pela turma. Se decidir que houve (perda do objeto da suspensão), a suspeição de Moro fica sem efeito”, afirmou o ministro.