Demitida por falar mal de Bolsonaro, Rachel Sheherazade esta processando SBT em 30 milhões

Rachel Sheherazade esta processando SBT por direitos trabalhistas. A ex-contratada do canal de Silvio Santos, alega que foi contratada como pessoa jurídica pela emissora, mas tinha as obrigações inerentes a um funcionário regular, como horas extras e plantões.

Demitida por falar mal de Bolsonaro, Rachel Sheherazade esta processando SBT em 30 milhões

A jornalista deixou o SBT um mês antes do vencimento de seu contato, exatamente em setembro de 2020, após realizar duras criticas a Jair Bolsonaro, que atualmente é o queridinho de Silvio Santos. Com isso, Sheherazade foi demitida antes mesmo de fechar o período contratual na empresa.

Rachel Sheherazade ganhava R$200 mil, além de R$30 mil em auxilio moradia, ao longo dos seus 11 anos de SBT. O processo contra a emissora pode chegar a R$30 milhões em indenizações.