Bolsonaro não enganou seus eleitores, eles sabiam exatamente em quem estavam votando

De um dias para cá, surgiu uma onde de bolsominions arrependidos mas a verdade é que Bolsonaro não enganou seus eleitores. Ele nunca escondeu quem é, sempre foi bastante claro sobre suas posições e quem votou nele nas eleições de 2018, sabia exatamente onde esta se metendo. A quem diga que ele não esta cumprindo o que prometeu. Porém, Bolsonaro nunca prometeu nada, a sua campanha foi completamente baseada em fake news e ele nunca teve nenhuma proposta. Ou seja, não tem como ele “deixar de cumprir” algo que ele nunca prometeu, quem votou nele sabia disso.

Bolsonaro não enganou seus eleitores, eles sabiam exatamente em quem estavam votando

Assistir Globo ao vivo online

Ordem cronologica Marvel

Filmes LGBT: Lista de melhores filmes com a temática

Bolsonaro não enganou seus eleitores

Mas existem alguns eleitores que votaram nele com ingenuidade, isso é um fato. Muitas pessoas que de fato foram enganadas com essas mentiras de Bolsonaro e que também estavam desacreditadas com o PT. Pode-se dizer que Bolsonaro realizou uma lavagem cerebral com a ajuda de fake news nessas pessoas. Que não tem muita noção da realidade e que acreditam em tudo que veem.

Engana-se quem acha que Bolsonaro ganhou as eleições 2018 por ter a maioria dos votos dos brasileiros e ser querido no país. Já que a quantidade de votos nulos e brancos é gigantesca, fora os votos no haddad e nos outros candidatos. Bolsonaro só ganhou as eleições 2018 por causa dos votos validos, ou seja, apenas os votos contabilizado, em quem foi para votar nele, é que valeu. A culpa dele ter ganhado é principalmente daqueles que votaram em branco ou que simplesmente deixaram de votar.

Bolsonaro não enganou seus eleitores

Tudo indica que nas eleições de 2022, Bolsonaro não terá a mesma sorte que em 2018. Já que agora ele além de ter perdido muitos eleitores, ainda vai ter que enfrentar não só a esquerda como uma possivel candidatura de Sergio Moro. 2022 vai ser um ano bastante concorrido para todos os lados mas principalmente para Bolsonaro, que terá que apelar para outras coisas além de fake news.