Histórico Beijo de Kelvin e Ramiro Marca o Primeiro Casamento Gay nas Novelas: Fim de “Terra e Paixão” na Globo

O último capítulo de “Terra e Paixão”, exibido na última sexta-feira, 19, entrou para a história ao apresentar o primeiro casamento gay nas telenovelas brasileiras. O casal formado por Kelvin e Ramiro protagonizou esse momento marcante, celebrando o amor com um emocionante “beijão” que durou mais de 30 segundos.

O desfecho do relacionamento de Kelvin, ex-capanga dos La Selva, e Ramiro foi um dos principais destaques da novela das 21h da Globo. O casal conquistou o carinho do público ao longo da trama, e o episódio final coroou essa história de amor com um casamento inédito na televisão brasileira.

O pedido de casamento aconteceu na prisão, onde Ramiro cumpria pena pela morte de Antônio. A celebração do amor entre os dois personagens foi realizada no presídio, e a ousadia da produção da Globo se destacou ao apresentar três momentos de beijos homoafetivos durante o último episódio.

Diego Martins, intérprete de Ramiro, compartilhou sua visão sobre o impacto da trama: “Eu achava que seria um sucesso com um certo nicho de pessoas, mas não, furamos a bolha, e isso foi muito especial. Kelvin e Ramiro não estavam fazendo só para a comunidade LGBTQIA+, mas para fora também. Queríamos falar que amor é amor. A missão foi cumprida”.

Amaury Jr., que deu vida a Kelvin, expressou sua gratidão pelo reconhecimento do trabalho e destacou o caráter coletivo dessa conquista. O casamento de Kelvin e Ramiro não apenas emocionou a audiência, mas também se tornou um marco na representação da diversidade e inclusão nas produções televisivas brasileiras.




Reply

Deixe uma resposta