Special – Uma série sensível que fala de diversidade com humor | Critica

Special

Special – A Netflix esta acertando muito nas suas series originais ultimamente, sem falar da quantidade de episódios que alem de terem apenas 8, são bem reduzidos, não chegam nem a 20 minutos. No caso dessa série, acho que poderia ter pelo menos 1h cada episódio que eu veria fácil. Aqui no Audiencia da TV você encontra outros textos igual a esse sobre criticas, analises, resenhas e teorias de series e filmes, tanto lançamentos do cinema como clássicos, e originais netflix, não deixe de conferir a categoria “Resenha Critica“.

1ª Temporada (2019)

Special

Uma série que aborda vários temas, além da representatividade sexual, fala sobre aceitação, desprendimento e confiança. Os personagens são muito carismáticos, a melhor amiga do protagonista, Kim (Punam Patel), rouba a cena assim como a mãe de Ryan, Karen (Jessica Hecht), que consegue dividir o protagonismo com ele.

Special

A série não se limita em apenas mostrar o modo como as pessoas enxergam Ryan mas como ele é por dentro e como as suas negações afetam não só a ele como a quem ele ama.

Special

O núcleo que aborda o crescimento de Karen em tentar se desprender de Ryan é interessante, a personagem sempre coloca o filho em primeiro plano, fazendo com que ela deixa de ser quem é para ter a felicidade de Ryan conquistada, mesmo que isso não seja importante para o filho que prefere que sua mãe viva a sua vida. É fácil se colocar na pele dos dois personagens mesmo que um seja mais coerente que o outro, os dois apresentam argumentos que são plausíveis e acaba que nenhum dos dois estão errados.

critica

O humor acido da série flerta com o exagero, algo que talvez seja estranho a primeira vista mas quem já conhece esse tipo de humor vai adorar as tiradas que Olivia (Marla Mindelle) da para seus funcionários, principalmente para Ryan.

Nota: 10/10