Critica | Years and Years (2019)

Critica Years and Years

Critica – ‘Years and Years‘ é uma minissérie ficcional que ilustra a realidade atual em uma imaginação distópica do que aconteceria a cada ano que passa e acompanha a evolução ou o regresso da sociedade. A série aborda principalmente o avanço tecnológico e como ele influencia na rotina das pessoas, com essa premissa, é inevitável não lembrar da série ‘Black Mirror‘, que atualmente é a mais popular sobre ficção cientifica.

critica years and years

A série brinca com discussões atuais em outras perspectivas, como a transsexualidade, que aqui é mostrado o “Trans-Humano”, que seria o ser humano se tornar dados e deixar o seu corpo físico para trás, Black Mirror já abordou esse tema com o episódio de ‘San Junipero‘ onde a consciência das personagens são movidas para uma nuvem e tecnicamente viram dados.

critica years and years

Critica | As Trapaceiras (The Hustle) – 2019

Critica | Megarrromântico (Isn’t It Romantic) – 2019

Critica | Brightburn – Filho das Trevas (2019)

Assuntos que já conhecemos hoje e que para alguns ainda é um tabu, a série faz questão de mostrar que é algo comum e simples. Existe um personagem que é de fato transsexual mas só conseguimos observa-lo de plano de fundo, não é jogado nenhum holofote sobre sua condição e isso é tratado de forma natural e sem importância.

critica years and years

Não há um protagonista definido, a trama é focada em uma família e as situações em precisam passar pelas mudanças que ocorrem a eles. Cada personagem e núcleo tem sua característica; A série se pauta em acompanhar um ano do desenvolvimento e amadurecimentos deles, para depois pular mais um ano e assim sucessivamente. A ideia é justamente nos mostrar como as coisas podem mudar em pouco tempo e como estão mudando nesse exato momento.

critica years and years

Mesmo em momentos que poderiam ser de felicidade e reunião família, ‘Years and Years‘ mantem o clima de melancolia e desesperança a todo momento, do começo até a ultima cena da série. Somos levados a encarar um futuro que não é difícil de acontecer na vida real, e não há nada que possamos fazer, por que na realidade não queremos fazer nada, simplesmente aceitamos as coisas como são e seguimos. Em uma cena final, podemos ver a mensagem claro do que a série quis passar, de que não importa o tempo que passe e que as coisas piorem, nunca é tarde para resolver as coisas e lutar.