Critica | The Boys – 1ª Temporada (2019)

Critica | The Boys

Critica – Em meio a tantos filmes e séries sobre o universo dos super heróis, uma série como ‘The Boys‘ chegou em ótima hora. A série se passa em um mundo onde os super heróis existem e que eles são tão “humanos” quanto qualquer um. A história se concentra em um grupo de vigilantes que precisam descobrir um meio de expor todo o comportamento e atrocidades que os heróis escondem da sociedade.

critica the boys

A série foi baseada nas HQs de Garth Ennis e Darick Robertson. Na trama, conhecemos um mundo em que super-heróis são as maiores celebridades do planeta, e rotineiramente abusam dos seus poderes ao invés de os usarem para o bem. O grupo que batiza a série, The Boys, está tentando expor esses heróis por quem eles realmente são.

Anna – O perigo tem nome | Helen Mirren fala sobre seu fascínio pelo universo dos espiões

Confira o novo trailer do filme solo do vilão ‘Coringa’

‘The Spy’, minissérie com Sacha Baron Cohen tem trailer divulgado pela Netflix

critica the boys

Essa é sem dúvida uma das melhores séries do gênero, por sair da zona de conforto do que se espera de uma série de herói, além dos palavrões e cenas sangrentas graficamente expositivas, ‘The Boys‘ aborda temas atuais sobre manipulação da sociedade em diversas maneiras.

critica the boys

Mesmo com todo potencial que a série tem, a necessidade de martelar a mesma coisa em cada episódio é cansativo, todo mundo já entendeu que os super heróis são ruins e que eles são os inimigos, mas ainda sim insistem em lembrar isso ao espectador a todo momento. O problema de apresentar uma série com o intuito de ser diferente das outras, em relação a principalmente a ação, é que a ação precisa ser continua, a série se perde em diversas vezes e desperdiça muitas cenas com diálogos que não ajudam a história a avançar.

critica the boys

A motivação do protagonista é boa mas logo se perde pois a série prefere dar mais voz a outro protagonista que acaba sufocando toda a razão do personagem que acabou de perder a namorada. Não tem como entender ao certo para que alguns dos personagens estão ali, existem muitos e boa parte deles são ignorados. A impressão é de que a primeira temporada serviu como uma apresentação, uma construção de terreno para então investir de verdade na 2ª temporada.