Critica | Rambo: Até o Fim (2019)

Critica | Rambo: Até o Fim (2019)

Critica: Um filme que já começa datado pelo nome não tinha como dar certo se não passasse por uma repaginação, o que não é o caso em “Rambo: Até o Fim“. Uma história estilo “Doce Vingança” que tem mais apelo dramático e roteiro expositivo do que de fato a ação, que seria o principal motivo desse novo filme existir.

critica rambo até o fim

O tempo passou para Rambo (Sylvester Stallone), agora ele vive recluso e trabalha em um rancho que fica na fronteira entre os Estados Unidos e o México. Sua vida antiga marcada por lutas violentas, mas quase sempre vitoriosas, ficou no passado. No entanto, quando a filha de um amigo é sequestrada, Rambo não consegue controlar seu ímpeto por justiça e resolve enfrentar um dos mais perigosos cartéis do México.

critica rambo até o fim

Critica | Coringa (Sem Spoilers) – 2019

Critica | Midsommar – O Mal Não Espera a Noite (2019)

Critica | Between Two Ferns: O Filme (2019)

critica rambo até o fim
Sylvester Stallone esta na sua mais alta e pura “cara de paisagem” demonstrando o total de zero interações faciais em absolutamente todas as cenas, as vezes a câmera evita filmar ele falando, em cortes secos, justamente para evitar a exposição da atuação mal sucedida dele.

critica rambo até o fim
O filme é composto por muito drama, e problemas familiares que até são apresentados rapidamente mas tudo se sustenta nisso, e de forma bem rasa. As cenas de ação com o protagonista que é o que todo mundo espera ver, só acontece nos últimos 15 minutos de filme, o que – diga-se de passagem – conseguem ser satisfatórias, mesmo que apresadas.

critica rambo até o fim

Em relação a cenas sanguinárias, acredito que o filme poderia ter ousado mais, tem até menos violência do que o esperado, mas por conta da nacionalidade dos antagonistas, as cenas podem ter soado quase que desnecessárias, já que colocar vilões mexicanos sem muita profundidade ou justificativa em tempos atuais, soa como algo datado, e como o filme já começa com essa intenção, não chega a surpreender.